Gestão de talentos: 6 dicas para orientar um time vencedor

Posted by Giulia Tonon
at Tuesday October 31st, 2017.

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Você já se perguntou o que fazer para aprimorar a gestão de talentos da sua equipe?

Saber reconhecer os talentos de sua empresa é fundamental para o desenvolvimento dela. Afinal, eles serão o futuro das organizações. Se não há uma preocupação na identificação e desenvolvimento de competências, você pode estar perdendo grandes oportunidades de impulsionar resultados e manter a sustentabilidade de sua organização .

Neste post, você vai conferir 6 dicas infalíveis para estruturar, dinamizar e facilitar a gestão dos talentos da sua empresa, veja:

1.ACOMPANHE sua performance

A gestão de talentos ideal não se resume apenas a uma equipe, envolve a empresa como um todo, e começa na raiz da gestão de pessoas. A melhor forma de saber se o desempenho das pessoas está de acordo com a estratégia do seu negócio é criar internamente um mecanismo de acompanhamento de performance, e envolver todas as equipes.

O objetivo deve ser comum para todos. Cada equipe com suas competências e particularidades para alcançá-lo, mas a cultura do resultado deve ser universal.

Primeiramente, trace as metas da sua equipe, e o papel de cada integrante para alcançá-las. Defina um plano de ação compatível. Assim, é possível observar em que etapa cada um está. Isto é, você irá monitorar de perto o desempenho de cada indivíduo e identificar aqueles que se destacam.

2.IDENTIFIQUE qualidades e desafios

A partir do acompanhamento de metas e ações da sua equipe, indivíduo por indivíduo, é possível identificar as competências e dificuldades de cada um. Dessa forma, fica mais fácil saber o que falta para cada integrante do time alcançar sua meta ou desempenho ideal.

Comparar os colaboradores lado a lado é crucial para verificar se o desempenho de sua equipe está satisfatório e encontrar seus talentos. Além disso, é importante também para apontar comportamentos e performances não tão ideais, e assim pensar em possíveis causas e soluções acerca do desempenho desses colaboradores.

Identificadas essas características, o caminho para desenvolver seu time é bem mais claro. Identifique as necessidades de desenvolvimento e atue de maneira rápida, simples e eficiente.

gestão de talentos

3.RECONHEÇA os esforços de sua equipe

Se a performance de um colaborador está cada dia melhor, não se esqueça de avisá-lo, de elogiá-lo. De 4 trabalhadores, 3 dizem se sentir mais motivados quando são reconhecidos. Essa é mais uma forma de manter sua equipe em movimento, querendo ter um desempenho cada vez melhor.

Não pare por aí, reflita sobre a possibilidade de investir em um plano de remuneração variável por desempenho. Esse é um outro mecanismo de motivar a equipe e reter seus colaboradores na empresa.

Quem não gosta de trabalhar e crescer em um lugar onde é reconhecido e ainda recompensado por seu bom desempenho?

4.Pratique a empatia, dê o FEEDBACK

Você sabia que, normalmente, 58% dos gestores acreditam que não dão feedback suficiente, e ainda, 4 em cada 10 trabalhadores se sentem desmotivados quando ganham pouco ou nenhum feedback?

Pois então, é fácil verificar que falta um sistema de feedback eficaz nas organizações como um todo. Falta conexão e comunicação eficiente entre as pessoas. Lembre-se, comunicação é essencial para desenvolver talentos. Você, como gestor, deve saber transmitir ao seu colaborador o que está bom e o que deve ser trabalhado.

Nesse sentido, em sua dinâmica de gestão de talentos, saiba dar feedback. Se você acompanhou e identificou as características de seus colaboradores, compartilhe suas análises com eles. Auxilie-os a alcançar um desempenho melhor, seja construtivo em seu feedback.

Se um indivíduo não está indo bem, não adianta destratá-lo e ser negativo. É importante incentivá-lo a melhorar e não deixá-lo desmotivado, tenha empatia. Isso é importante também para reter talentos: os bons profissionais provavelmente são mais disputados e tenderão a ficar onde eles são bem tratados.

gestão de talentos

5.Tenha VISÃO DE FUTURO

oucas são as pessoas que nascem prontas para assumir um cargo de liderança. Para nossa sorte, esse talento não precisa ser nato para existir. Você pode desenvolver habilidades de liderança e gestão nos integrantes de sua equipe. Isso é fundamental em uma organização, preparar os seus talentos para eles crescerem.

Sim, eles vão te substituir no futuro, mas não enxergue isso como uma competição. Saber preparar novas lideranças te faz um líder ainda melhor.

Nesse sentido, é crucial ter um plano de carreira para seus colaboradores. Se alguém sabe que, não importa o quanto ela se empenhe, sua posição continuará a mesma, dificilmente essa pessoa demonstrará todo seu talento ou se desenvolverá nessa organização. Ou seja, resultados piores para sua equipe.

6.A FERRAMENTA ideal para gestão de talentos

Evidentemente, a gestão de talentos não é seu único ofício na sua empresa. É parte do seu trabalho e, para ela funcionar impecavelmente, facilite a sua vida, invista em tecnologia! Afinal, estamos no século XXI, na era da performance digital.

Ter um software de gestão acompanhando os seus colaboradores para você é uma maneira simples e prática de explorar ao máximo a potencialidade da sua equipe. Por exemplo, na Plataforma Mereo, você pode definir metas, medir a performance individual e do grupo, avaliar competências, estruturar um plano de remuneração variável, dar um feedback completo e realizar diversas análises sobre seu desempenho e da sua equipe.

7.BÔNUS: Transparência e educação

As pessoas gostam de trabalhar em um lugar que as passe segurança. Seja um gestor capaz de transmitir isso para sua equipe, deixe claras as regras do jogo. Dessa forma, as pessoas sabem o que esperar de seu gestor, sem surpresas desagradáveis.

Isso serve tanto para manter os talentos no seu time, quanto para deixá-los continuamente motivados. Além disso, é preciso dar a eles a possibilidade de serem criativos.

Não seja o gestor que inibe as ideias de sua equipe. Seja aquele que organiza as ideias e orienta, aquele que vai ser franco e educado quando mostrar que alguma sugestão não faz tanto sentido para o negócio e, principalmente, aquele que sabe reconhecer os esforços da equipe em criar novas soluções.

Vencedor de verdade não é aquele que, necessariamente, vai ganhar todas as competições. É aquele que sabe onde está e sabe melhor ainda onde quer chegar. É aquele que sabe se superar, conhece as próprias fragilidades e trabalha nelas.

Foque no resultado. É o gestor, através da gestão de talentos, quem vai identificar e desenvolver os futuros líderes da empresa.

Conecte as pessoas à estratégia do negócio e vá mais longe. Interpretar as particularidades de uma equipe com precisão e encontrar lideranças é um desafio recorrente entre gestores de várias empresas. Entender os atributos de um time não é um privilégio de poucos. Pelo contrário, é perfeitamente possível de ser alcançado, para então guiar e desenvolver uma equipe que atinja resultados cada vez melhores.

E se você quiser saber mais sobre como colocar essas dicas em prática, ter um time vencedor e nutrir seus talentos, clique na imagem abaixo e surpreenda-se com a Plataforma de Gestão Mereo.

gestão de talentos

Next Post

Related Posts

Share

LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Keep updated!

Get our news