Software de gestão: por que meu negócio precisa de um?

Posted by Marcos Tadeu
at Thursday April 13th, 2017.

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Devo ou não contratar um software de gestão?

Se você tem ou faz parte de uma empresa que tem experimentado um crescimento brusco nos últimos anos, provavelmente já deve ter se feito essa pergunta. Caso contrário, é bom ficar atento, pois seus concorrentes diretos e indiretos há muito tempo decidiram investir nessa ideia.

Neste post, vamos mostrar alguns ótimos motivos para você abrir mão da dependência das planilhas do seu Excel e confiar os seus dados a um software de gestão integrada. Confira a seguir.   

software de gestao

Software e Plataforma: o que são?  

Softwares também podem ser conhecidos como plataformas, um conceito que ultimamente anda na moda em função de marcas como Uber, Airbnb e as próprias Redes Sociais. Plataformas podem ser entendidas como sistemas que agregam valor proporcionalmente ao número de usuários que as usam. Na verdade, as plataformas se baseiam no que chamamos de “network effect” ou, em tradução livre, efeito de rede, o valor que os usuários recebem dos demais usuários.

Tendo esclarecido o conceito de plataforma, fica mais fácil entender que uma plataforma ou software de gestão é nada mais que um sistema que comporta determinada rede de usuários que interagem no sentido de desenvolver planos de ação de um negócio. Sendo assim, a plataforma de gestão integra diretores, supervisores e coordenadores de cada um dos setores da empresa – e da própria plataforma – que retroalimentam o sistema com informações relacionadas ao negócio a fim de atingir resultados e bater metas.    

O usuário em primeiro lugar  

Plataformas são voltadas essencialmente para o usuário, demandando planejamento estratégico para atraí-los continuamente, independentemente da natureza do negócio.  Apresentam funcionalidades técnicas e recursos que podem auxiliar um ou mais usuários, independentemente do local e da distância. A título de exemplo, podemos citar a plataforma Mereo, que tem vários aplicativos com objetivos distintos para auxiliar as empresas a gerenciarem, em um único ecossistema, vários processos de gestão.

SaaS – Software as a service

Ainda dentro desse tópico, é importante citar a modalidade SaaS, o software como serviço, que você provavelmente já deve ter ouvido falar. O SaaS também é chamado de software baseado na web e se refere à disponibilização de softwares ou soluções tecnológica via web, no formato de serviço. Nessa modalidade, a empresa contratante não tem o encargo de instalar e atualizar hardwares ou softwares, pois os SaaS são executados nos servidores das empresas provedoras responsáveis pelo gerenciamento do acesso.

Em se tratando de SaaS, um exemplo interessante e até mesmo polêmico é o UBER, em que as pessoas não compram o carro, mas pagam pelo serviço de transporte do ponto A para o ponto B. Aproveitando a analogia, os clientes da Mereo assinam o serviço de gerenciar suas informações para alcance de resultados e melhoria da performance, ou seja, não precisam adquirir o sistema, tampouco investir em servidor de dados, entre outros.

e-book modelagem da estrutura

Quem pode controlar um software de gestão?

Um erro que até os melhores especialistas cometem é  adquirir uma plataforma ou software de gestão e esperar que ela passe a conduzir a empresa por conta própria, que o sistema se retroalimente e ao mesmo tempo repasse as coordenadas para os responsáveis de cada área. Fato é que a gerência de uma plataforma exige controle e governança de tudo o que acontece dentro do sistema, com a finalidade de assegurar que cada um dos usuários extraia benefícios da inteligência gerada.

Em entrevista sobre “Customer Experience” transmitida ao vivo no mês de março pelo Facebook da Mereo, Paula Renata Silva, gestora de qualidade e suporte da plataforma Mereo, o domínio das funcionalidades existentes do sistema chega a ser mais importante do que a formação do profissional. Atuando como um filtro no atendimento ao cliente, a gestora comanda uma equipe multidisciplinar e o conhecimento acerca de cada propriedade faz com ela aja rapidamente na designação de tarefas.      

Afinal, por que o meu negócio precisa de uma plataforma?

Essa é uma pergunta simples de se responder. O seu negócio precisa de uma plataforma a partir do momento em que fica complexo demais controlar e interpretar todo o volume de dados manuseado por uma quantidade cada vez maior de colaboradores. Em suma, se você quer entender o seu negócio, a opção mais segura é adotar um software de gestão, que é capaz de traduzir, em poucos segundos, uma inteligência que, manualmente, levaria meses para se concluir.

Além do business intelligence, esse software reduz custos consideráveis com mão de obra, deslocamentos, equipamentos e treinamento. É que uma funcionalidade técnica da plataforma pode prescindir de uma miríade de profissionais, como no caso do app do LinkedIn, Job Search, que dispensa a intervenção de um especialista em Recursos Humanos ao fabricar um algoritmo capaz de alinhar vagas a perfis e ainda registrar quantitativamente currículos e anúncios.  

Controle de bordo das empresas

A plataforma Mereo fornece ao usuário a perspectiva completa dos processos de gestão em um único ambiente. Sendo assim, torna-se desnecessário para qualquer gestor acessar vários sistemas diferentes para se gerenciar os resultados sob sua responsabilidade. Além disso, com a plataforma, os gestores têm controle e acesso à informação em tempo real, ou seja, quando precisam de uma informação atualizada dos resultados de uma meta ou o status de um plano de ação. Por fim, a definição sobre o que fazer conforme a mudança de cenários também é registrada e gerenciada pela plataforma, que se transforma em um verdadeiro controle de bordo da empresa em um oceano de incertezas.   

10 principais benefícios do software de gestão para o seu negócio

Até aqui, esmiuçamos o significado de plataforma e a sua importância dentro de um mercado competitivo que gera grande volume de informações todos os dias. Agora, é hora de pontuar os benefícios de um software de gestão. Veja abaixo:  

  • Padronização da comunicação;
  • Melhoria no fluxo de processos internos e externos;
  • Economia de tempo e dinheiro;
  • Suporte especializado (SAC);
  • Automatização de todos os procedimentos;
  • Padronização de check lists;
  • Segurança no armazenamento de dados (back ups de rotina);
  • Maior acessibilidade de dados (nuvem ou cloud computing);
  • Base de dados integrada e retroalimentável;
  • Aprimoramento do Business Intelligence.

Bom, agora que está por dentro de vantagens e funcionalidades dos softwares de gestão, chegou a hora de dar um descanso para o Excel, além dos post its que espalha pela empresa e apostar na tecnologia. A implantação de uma plataforma de gestão vai não só aumentar a sua competitividade, como torná-lo uma fidedigna fonte de referência da sua indústria. Está esperando o que?  

E então, esse blog post conseguiu lhe convencer a investir hoje mesmo em um software de gestão? Ainda tem dúvidas? Deixe o seu comentário no campo abaixo e nos ajude a aprofundar essa rica discussão.   

software de gestão

Previous Post
Next Post

Related Posts

Share

LinkedIn

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Keep updated!

Get our news