Gestão Estratégica de Pessoas: tudo que você precisa saber para ter sucesso no trabalho

por Karine Moreira em 20/May/2020 ⇠ Veja outros Posts

gestao_estrategica_de_pessoas

A gestão estratégica de pessoas é compreendida como a solução aos desafios enfrentados nas organizações. Ela é essencial para viabilizar os processos, as demandas e alcançar os objetivos estabelecidos para o crescimento profissional de todos os colaboradores.

O trabalho de gestão estratégica de pessoas é realizado tanto pelo profissional de recursos humanos, quanto por todos os outros cargos de liderança que compõe o ambiente organizacional. Alguns pilares compõem as principais características de um bom líder assim como outras vantagens para utilizar a gestão estratégica de pessoas na sua empresa.

Aprenda neste artigo tudo que você precisa saber sobre gestão estratégica de pessoas para ter sucesso no trabalho!

matriz_nine_box

O que é Gestão Estratégica de Pessoas?

Gestão Estratégica de Pessoas significa viabilizar e alinhar os interesses dos colaboradores com os da organização. Ou seja, o conceito de Gestão Estratégica de Pessoas é definido por desenvolver e reter talentos, entender as suas necessidades profissionais e a administração da organização, adotando novas medidas para que todas as metas sejam cumpridas.

O ambiente corporativo sofre constantemente alterações na gestão de pessoas por consequência das mudanças no estilo de vida da sociedade, foi pensando nisso que o setor de recursos humanos desenvolveu a Gestão Estratégica de Pessoas, que incorpora essa transformação do mercado de trabalho em um pensamento sistêmico,do qual cada colaborador tem importância na estratégia para um crescimento em conjunto com a empresa.

Grande parte do modelo atual de trabalho é estabelecido pela identificação dos colaboradores com a empresa, onde os profissionais veem a oportunidade de desenvolver suas habilidades dentro de um ambiente corporativo que possui valores parecidos com os seus ideais.

Com a gestão estratégica de pessoas esse modelo de trabalho é colocado prática, justamente por ter o objetivo de buscar por funcionários com características similares a da empresa, estabelecendo maior conexão com a equipe, a satisfação no trabalho e consequentemente elevando o crescimento da empresa.

Como surgiu a Gestão Estratégica de Pessoas como concepção empresarial?

A concepção da relação de funcionário e empresa tem se tornado cada vez mais humana, com a visão ativa na importância de cada colaborador dentro da organização, mudando os critérios para contratações. Foi por conta disso que a gestão estratégica de pessoas se desenvolveu, por esse método facilitar a identificação de melhorias da produtividade e a qualidade das tarefas na concepção empresarial.

A gestão estratégica de pessoas surgiu como diferencial competitivo, trazendo soluções como o engajamento de pessoas, estabelecendo pesquisas para conhecer melhor seus funcionários, elevando a motivação de equipe e promovendo a cultura organizacional.

Nos últimos anos, o RH passou a ter um papel muito mais estratégico nas empresas, auxiliando no desenvolvimento de todos os talentos e do capital humano. Essa estratégia é indispensável para as empresas não terem problemas futuros, como a falta de planejamento de sucessão e plano de carreira, que são formas de reter seus profissionais qualificados através de ações de treinamentos e promoções.

Como implantar a Gestão Estratégica de Pessoas nas organizações?

A gestão estratégica de pessoas é o trabalho desempenhado pelos gestores que estabelecem um conjunto de ações, envolvendo desde o processo de recrutamento e seleção dos novos funcionários até a retenção dos mesmos.

Após a contratação, é estabelecido os treinamentos e desenvolvimentos, como forma de ampliar suas habilidades e competências técnicas. Definindo esses processos, a empresa deve continuar com a gestão estratégica de proporcionar segurança, benefícios, saúde e motivação para manter sua equipe engajada e obter resultados positivos.

Uma outra forma de implementar a gestão estratégica de pessoas na sua organização é por meio de práticas de comunicação interna e endomarketing. Essas ações tem o objetivo de ajudar as empresas atingirem suas metas, para manter sua equipe comprometida e motivada, elevando a cultura organizacional na gestão de pessoas.

Importância e vantagens da Gestão Estratégica de Pessoas

Realizar a gestão estratégica de pessoas é uma vantagem competitiva, obter resultados positivos em seus processos e atingir suas metas fica mais fácil quando uma empresa se dedica no capital humano.

A importância da gestão estratégica de pessoas nas organizações é definida no aumento de produtividade e diminuição do burnout entre os funcionários. Quando se tem compreensão sobre o ciclo do colaborador, a satisfação profissional é atingida com sucesso para todos os funcionários da empresa.

Outra vantagem para começar agora a realizar a gestão estratégica de pessoas na sua organização é por ela estabelecer um ambiente que os colaboradores se sentem seguros em demonstrar como se sentem, suas expectativas com a organização e o quais ações podem ser feitas, após o feedback, para elevar a busca pelos seus objetivos profissionais dentro da empresa.

Esse conjunto de boas práticas organizacionais devem ser sempre baseados na Missão, Visão e Valores da empresa. Dessa forma, é possível obter o benefício da atração de talentos por meio dessas atitudes da gestão estratégica de pessoas.

Sua marca será motivo de interesse de talentos qualificados e que tem a ver com a sua cultura organizacional, estabelecendo o processo de recrutamento de forma mais assertiva e com critérios mais específicos.

Criar uma estratégia de motivação da equipe, estabelecer treinamentos de qualificação, fazer avaliações para futuras promoções e desenvolver projetos de bonificações são outras ótimas vantagens da gestão estratégica de pessoas, por reter seus talentos e gerar um ambiente agradável para os colaboradores.

Os 11 pilares para começar a colocar em prática a gestão estratégica de pessoas na sua empresa

1. Estabelecer o Plano de Carreira para seus colaboradores

O plano de carreira é quando a empresa fornece um caminho profissional para cada funcionário, da qual suas competências serão determinadas em uma posição hierárquica dentro da organização.

Essas expectativas são alinhadas entre líderes e funcionários para que suas habilidades sejam desenvolvidas no intuito de alcançar futuramente outros cargos na organização.

O plano de carreira proporciona uma maior motivação dos colaboradores em relação a empresa, criando uma expectativa de reter talentos que querem se desenvolver em sua profissão.

2. Utilizar softwares para gestão de pessoas

Utilizar um software para acompanhar o desempenho de seus colaboradores é essencial para manter sua gestão estratégica de pessoas. Os processos se tornam automatizados, desde a gestão de tarefas até no andamento das demandas, fazendo com que a sobrecarga de atividades na rotina de trabalho seja bem menor.

Uma outra vantagem para começar agora a usar ferramentas de gestão de pessoas é sua agilidade para lidar com os diversos tipos de trabalho realizados na organização, elevando a produtividade de toda a equipe, otimizando a rotina de trabalho, organizando informações e até mesmo a gestão das atividades.

3. Realizar treinamento e desenvolvimento individual da equipe

Cada funcionário deve ter sua função estratégica dentro da organização, após essa definição é necessário elevar seus conhecimentos e competências com treinamentos, desenvolvendo um aprendizado que potencializa a execução de suas atividades e também seu caminho profissional dentro da corporação.

Os objetivos para planejar os treinamentos devem ser baseados nas metas que devem ser alcançadas, partindo da necessidade de desenvolver nos funcionários seus pontos fracos e fortes, com o intuito de obter resultados e crescimento profissional.

4. Manter o engajamento de pessoas na organização

Isso significa engajar os funcionários com suas atividades e com a empresa em si, ou seja, são colaboradores que se sentem parte do time, motivados e que ajudam a empresa a alcançar os melhores resultados.

Engajar as pessoas é uma tarefa crucial na gestão estratégica de pessoas, os líderes devem saber como motivar sua equipe e manter os colaboradores proativos com suas atividades.

Para engajar pode ser realizado uma pesquisa de pulso ou a pesquisa de clima, mas o importante aqui é que essa pessoa esteja engajada em sua função, não como forma de ganhar alguma recompensa ou bonificação atingindo as metas.

5. Aplicar o Planejamento de Sucessão

O plano de sucessão é bem parecido com o plano de carreira, mas no planejamento de sucessão é a forma de moldar o futuro dos talentos dentro da empresa, unindo as orientações dos líderes para os funcionários com seu desenvolvimento profissional durante sua trajetória na organização.

No planejamento de sucesso é mapeado todo o caminho da carreira, seja identificando as competências, estabelecendo os treinamentos necessários para elevar sua performance e utilizar as informações dos resultados de forma estratégica na hora de receber uma promoção pelo potencial de cada colaborador. 

6. Fazer a Avaliação de Potencial

Esse método de gestão estratégica de pessoas faz uma avaliação das capacidades e habilidades de todos os colaboradores para ser desenvolvido o autoconhecimento no campo profissional.

Nela, é possível reconhecer os traços de personalidade, as fraquezas e pontos fortes, desenvolver as soft skills e também melhorias no comportamento dentro da organização, como processos de Learning Agility, OMNI Learning e o mundo VUCA.

Realizar a avaliação de potencial é imprescindível para que os gestores tenham conhecimento sobre todas as habilidades de seus colaboradores, sabendo as melhores formas de reter talentos, identificar os melhores perfis para promoções de cargos e aumentar a produtividade de todos dentro da empresa.

7. Avaliação de risco

Esse processo mapeia e mensura possíveis problemas ou oportunidades que possam acontecer na organização, diminuindo potenciais incertezas que acontecem durante a gestão estratégica de pessoas.

A avaliação de riscos desenvolve um planejamento com o objetivo de ter maior estabilidade para as metas organizacionais sejam cumpridas de forma eficiente e sem imprevistos.

Todo processo corporativo deve incluir a avaliação de risco como forma de proporcionar melhorias e direcionar a tomada de decisão dentro da empresa.

8. Desenvolver a Cultura organizacional

A cultura organizacional é formada por um conjunto de hábitos, valores, atitudes e outras características que são compartilhadas por todo grupo de pessoas que compõem um ambiente corporativo para melhor tomada de decisões.

O objetivo da cultura organizacional é alinhar a forma de pensar e agir dos colaboradores para com a organização. Ou seja, são um conjunto de normas que representam o comportamento de todos os funcionários e promovem vantagens competitivas.

9. Comunicação eficiente

Não adianta nada ter todo o trabalho de executar as estratégias para melhorar a gestão de pessoas e ter uma comunicação ineficiente com sua equipe, certo?

Por isso é necessário que os líderes saibam estabelecer uma comunicação simples e objetiva, de uma forma que todos os colaboradores entendam o que foi transmitido, sem dificuldades de compreender a informação passada.

Estabelecer uma cultura de feedbacks, ter uma liderança aberta ao diálogo, estar disposto a ajudar seus colaboradores é fundamental para que a comunicação seja eficiente durante a rotina de trabalho. Essa comunicação deve ser sempre em forma de diálogo, permitindo que todos da equipe possam dar sua opinião e se sintam incluídos na organização.

10. Motivar o trabalho em equipe

Incentivar o trabalho em equipe dentro da empresa é fundamental para que a gestão estratégica de pessoas possa ser implantada corretamente, porque une todos os pilares e promove a conexão com o time.

O trabalho em equipe ajuda a manter os objetivos e metas alinhados, já que as atividades organizacionais sempre se intercalam e promove sinergia para que os resultados alcançados sejam sempre positivos.

A proposta do trabalho em equipe é fazer com que seus funcionários entendam a importância do processo como um todo, implementando discussões saudáveis para desenvolver ideias para melhorias e inovação para resolver problemas dentro da organização.

11. Metas alcançáveis

Para que toda a sua estratégia seja aplicada corretamente em seus colaboradores, é importante ter em mente que as metas devem ser estabelecidas de forma que seus funcionários consigam alcançar.

De nada vale executar todos os outros pilares e esquecer de propor metas que não são compatíveis com o cenário atual da sua corporação e seus colaboradores tenham a capacidade técnica de execução. 

Como líder, entenda as limitações e competências de cada um na sua equipe, planejando o caminho certo individualmente para serem incluídas na rotina de trabalho. Assim, a sua gestão estratégica de pessoas será um sucesso!

A liderança e a visão do RH na gestão estratégica de pessoas

A liderança tem o papel mais ativo na gestão estratégica de pessoas, seja por meio de softwares ou ferramentas para gestão de pessoas, que auxiliam no progresso da corporação. Enquanto algumas tarefas ficam automatizadas, outras ficam ainda mais humanizadas, como a parte de engajar, motivar e comprometer sua equipe para alcançar todas as metas e resultados, com o intuito de receber bonificações e até mesmo para o crescimento pessoal dentro da empresa. 

Essas habilidades e competências precisam estar associadas diretamente com as soft skills dos líderes, isso é necessário para se tornarem excelentes em seu desempenho na gestão organizacional. Saber ouvir, buscar formas de orientar e conhecer seus funcionários fazem parte da gestão estratégica de pessoas.

É necessário ter essa visão do RH para construir profissionais motivados em suas atividades, assim como a elevação de sua produtividade,reconhecendo os esforços de todos os funcionários, influenciando sua equipe de forma positiva, seja na hora de passar alguma demanda ou na hora de dar algum feedback.

Saber o momento certo para estimular desafios, recompensar funcionários, a forma certa para delegar tarefas, estruturar, estimular o desenvolvimento e capacitação da sua equipe são outros métodos que um profissional de recursos humanos deve ter para aplicar com eficiência a gestão estratégica de pessoas.

Gestão Estratégica de Pessoas e seu impacto nas organizações

Como deu para perceber ao longo desse artigo, utilizar a gestão estratégica de pessoas é indispensável para obter resultados positivos nas organizações.Desenvolver essa solução na empresa fornece muito mais do que um diferencial competitivo, com a gestão estratégica de pessoas os benefícios impactam de todas as formas, desde os funcionários até nos resultados finais da organização.

Aplicando corretamente essa estratégia de gestão, as metas e objetivos serão executadas da melhor forma para a saúde da empresa. Assim como a retenção de todos os seus funcionários podem aumentar e a busca por novos talentos serem mais assertivas.

Enfim, a gestão estratégica de pessoas muda completamente a forma de agir na empresa, estabelecendo conexões de liderança mais ativas, funcionários focados em estratégias de potencial e motivação para obter resultados, seja durante o home office ou em qualquer outro ambiente organizacional.

 

Nós da Mereo esperamos que você tenha aprendido tudo sobre Gestão Estratégica de Pessoas e comece a aprofundar seus conhecimentos, tornando sua liderança ainda mais assertiva. E caso tenha interesse em potencializar a Gestão de Talentos dos seus colaboradores, solicite uma demonstração da nossa plataforma!

Karine Moreira

Formada em Publicidade e Propaganda, atua no mercado há mais de 4 anos com foco em Marketing Digital. Adora tecnologia e aprender novas técnicas de produção de conteúdo para a internet. É redatora no time de marketing da Mereo e, escreve sobre cinema nas horas vagas!

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar