Consultoria em Remuneração Variável: diferentes perspectivas

por Ana Lima - 15/03/19 ⇠ Veja outros Posts

Se você chegou até essa postagem hoje, é porque você deve ter ouvido falar na remuneração variável. Essa é uma nova forma de oferecer bonificações aos cooperados de uma empresa. Hoje já são milhares de empresas que trabalham com o processo de remuneração variável. Tem sido bem avaliada pelos profissionais e é uma forma inovadora de fazer que cada trabalhador faça parte da empresa e de seu crescimento.

Consultoria em Remuneração Variável

A Mereo oferece serviços de consultoria em remuneração variável. Apresentamos para você planos de como fazer esse processo funcionar dentro da sua empresa. Os benefícios têm sido comprovados a cada ano e a remuneração variável vai mudar a vida dos seus empregados e também dos administradores da sua empresa.

Ainda há muitas dúvidas sobre o cálculo de remuneração variável, e muitas empresas ainda erram na parametrização desses programas. Por isso a importância de entender bem como as empresas se ajustam a esses modelos.

O que é remuneração variável?

A remuneração variável é um processo novo que mudou a forma de gestão e acompanhamento de metas dentro de uma empresa. Os funcionários acabam tendo benefícios monetários dado um resultado alcançado dentro de suas atribuições. Isto faz com que busquem maiores resultados, já que agora recebem prêmios por essas metas alcançadas.

Nossa intenção nesse post é ajudar você a entender o porque a sua empresa precisa do processo de remuneração variável, então vamos tirar algumas das suas dúvidas e esperamos apresentar uma consultoria a você! Quais são os tipos de remuneração variável disponíveis?

Quais os tipos de remuneração variável?

Todos os tipos de remuneração variável servem de motivação para os funcionários buscarem um pouco mais para a empresa e para eles mesmos. Sendo assim, a remuneração variável é o reconhecimento não só pelo trabalho, mas pelo esforço que uma pessoa fez na atribuição de suas funções. Em linhas gerais, é uma compensação pelos trabalhos prestados pela empresa.

Os tipos de compensação variam bastante dependendo do setor, estrutura organizacional e cultura interna da empresa. Os principais tipos de RV são:

  • Bônus
  • Comissão
  • Prêmios e incentivos
  • Gratificações
  • Participações nos Lucros e Resultados (PLR)
  • Participações acionárias
  • Remuneração por competências ou habilidades
  • Remuneração estratégica
  • Stock Options/participação acionária
  • Phantom Options

Isto significa que o objetivo é oferecer recompensas tangíveis, normalmente em dinheiro, associadas ao alcance das metas da empresa. Além de alinhar os objetivos da empresa com os objetivos dos colaboradores e diminuir a ênfase do salário fixo.

Vamos descrever a seguir algumas opções de remuneração variável de curto e longo prazo. Você terá uma ideia de qual é a melhor gestão de remuneração variável que nós podemos prestar para a sua empresa.

Incentivos de Curto Prazo (ICPs)

A remuneração variável de curto prazo é estabelecida com o foco em resultados e desempenho de cada colaborador dentro do período de um mês até um ano. Normalmente são os bônus e comissões oferecidos mensalmente ao colaborador que alcançar metas estabelecidas pela empresa.

Participação nos Lucros e Resultados (PLR)

A gestão de remuneração variável de participação nos lucros e resultados é uma gestão de curto prazo. Esta gestão é principalmente direcionada para as áreas técnicas, administrativas, operacionais e pode ser direcionado também para a supervisão.

A gestão conhecida como PLR é a participação direta dos colaboradores com os lucros e com os resultados da empresa, essa gestão pode ser aplicada de forma mensal ou anual, por exemplo.

Fatores para a gestão de PLR

Para que a PLR tenha um bom funcionamento dentro de uma instituição, são necessários fatores básicos:

  • o planejamento e negociação direta da empresa com seus colaboradores, com a presença de um representante indicado pelo sindicato dos trabalhadores.
  • é necessário que a empresa não substitua a remuneração do colaborador pela PLR.

A grande vantagem da remuneração variável PLR é o alinhamento de interesses da empresa e colaboradores. O PLR deve manter alinhadas as metas da empresa e as metas da equipe, com isso os colaboradores vão possuir um entendimento do negócio da empresa. O PLR é a remuneração variável que pode motivar e melhorar muito o comportamento e empenho dos colaboradores, em vista que os mesmos agora fazem parte dos lucros e resultados gerados pela empresa.

Para saber mais a respeito da remuneração variável PLR, clique neste link.

Bônificação

O bônus é destinado normalmente para os colaboradores de média e alta gerência. Na categoria de bônus, existe o bônus meta, que é a remuneração variável a ser paga ao colaborador em um período anual, determinado pelo alcance das metas anuais da empresa. Este bônus pode ser mensal, determinado por metas pré-estabelecidas pela empresa.

Parâmetros para a determinação de uma gestão de bônus

Os parâmetros que você pode levar em consideração na hora de imaginar a remuneração variável de bônus a curto prazo na sua empresa, são:

  • O lucro líquido da empresa e o valor de empresa, além disto é importante se atentar as metas individuais que vão ser determinadas para cada nível e setor e a avaliação de competências de cada colaborador.

A gestão de remuneração bônus precisa ser bem elaborada para que, não haja a criação de metas no início do ano e depois as mesmas sejam esquecidas, ou por exemplo, cria-se metas muito fáceis ou difíceis de ser alcançadas. Quando bem aplicada, a empresa vê os resultados da bonificação, e isto significa que terá a alavancagem de resultados e o alinhamento de interesse dos colaboradores com os resultados da empresa

Conforme os resultados vão crescendo, os colabores vão poder ganhar mais e este é o alinhamento desejado ao assumir uma gestão de remuneração variável de bônus de curto prazo.

Incentivos de Longo Prazo (ILPs)

Como o próprio nome sugere, esta é uma opção de remuneração variável de longo prazo, ou seja, são incentivos determinados para um período maior que um ano, normalmente os incentivos de longo prazo formam ciclos de 3 até 5 anos.

Na gestão de incentivos de longo prazo, o mais comum é que seja direcionada para os administradores e sócios da empresa, mas pode também ser aplicada para todos os colaboradores. O incentivo de longo prazo tem um forte fator de retenção.

O incentivo de longo prazo possibilita o alinhamento dos interesses da empresa e de seus executivos em longo prazo. Possibilita uma retidão estratégica de administradores e executivos, afinal estarão diretamente ligados ao crescimento da empresa, o que de fato diminui a atenção em cima da remuneração fixa e aumenta a possibilidade de ganhamos mais interessantes em longo prazo. Uma opção de remuneração variável de longo prazo é a opção de ações, conhecida como stock options.

Stock Options (opções de ações)

Dentro da remuneração variável de opções de ações os executivos, ou colaboradores recebem o direito de fazer a compra de um número específico de ações por um preço que é pré-estabelecido e tem um período determinado.

As opções de ação são interessantes para as empresas que desejam ver os seus executivos agindo como donos da empresa, pois estão tendo a participação direta do crescimento da mesma.

Fatores para a remuneração variável de opções de ações

É mais comum que seja destinada apenas para os executivos de nível mais alto dentro das instituições e empresas.

Possui uma data definida de vencimento e tem um prazo máximo para ser mantida por cada executivo.

Porque a minha empresa precisa de uma gestão de remuneração variável?

O tipo de remuneração variável ideal para a sua empresa vai variar bastante dependendo do setor, estrutura organizacional e cultura interna da empresa. A remuneração variável se divide em várias formas de atividade, isto é, são diversas opções que criam a possibilidade de motivar e criar a atividade certa entre os colaboradores, buscando direcionar os objetivos de cada colaborador para a mesma direção dos objetivos da empresa. O resultado da atividade da remuneração variável na empresa é o alinhamento do foco dos colaboradores e da empresa, além de uma maior sincronicidade na busca de resultados.

A remuneração variável representa a recompensa conforme a performance de cada funcionário ou da empresa. Ela pode ser atrelada às metas de um período. Por exemplo, se a empresa atingir um patamar específico de lucro. Ou se um indivíduo cumprir a meta de número de novos clientes e solução de tickets.

Outros tipos de remuneração variável que você pode conhecer ao entrar em contato conosco são: Comissão, remuneração por competências, prêmio por produtividade, entre outros. Sugerimos que entre em contato conosco para assumir uma estratégia correta para alcançar bons resultados através da remuneração variável. São diversas opções que podem alavancar os resultados para seus executivos e colaboradores.

A remuneração variável dá certo?

O processo de remuneração variável, apesar de novo já tem se provado muito eficaz e de valor para as grandes empresas, afinal quem administra uma empresa sabe como é difícil encontrar meios de manter os funcionários motivados a fazer um bom trabalho e buscar resultados acima da média. Com o processo de remuneração variável em vigor em sua empresa, você vai sentir a mudança na motivação dos funcionários.

Os funcionários que estão dentro do processo acabam vendo o valor que esse sistema possui, não só para o dono da empresa, mas para a empresa como um todo e toda a equipe envolvida. Isso significa que o próprio funcionário pode se destacar e beneficiar-se de uma vitória a partir de uma meta estabelecida pelo processo de remuneração variável, além de poder ter uma participação nos lucros e resultados da empresa.

O funcionário ao ver esse sistema implementado sabe que seu esforço será recompensado e tem um novo motivo para colocar mais energia nos seus processos dentro da empresa. A remuneração variável apresenta ao funcionário uma forma de se beneficiar financeiramente e também de mostrar uma maior qualidade em seu serviço.

Como ter uma boa gestão de remuneração variável?

Existem vários pontos que devem ser alinhados para a sua empresa ter bons resultados com a adesão da remuneração variável, sendo de curto ou longo prazo. O primeiro ponto importante é o planejamento correto antes de implantar um programa de RV, é o bom diagnóstico e levantamento, isto é, saber como a empresa trabalha, qual são os principais meios e produtos de serviço, quais são os pontos fortes e fracos da empresa, para que se possa ter um bom entendimento de qual é a melhor estratégia para implantá-la.

É muito importante também que na gestão de remuneração variável se aplique os indicadores certos para sua empresa, os indicadores definidos corretamente irão revelar as metas corretas para os seus colaboradores e executivos. Um dos maiores erros ao aderir uma gestão de remuneração variável é faze-lo sem encontrar primeiro as metas correspondentes ao desempenho da sua empresa. Por isso é importante saber os indicadores mais relevantes para alcançar os resultados desejados.

O desbalanceamento das metas é um dos erros mais graves na hora de implantar a gestão de remuneração variável, já que ao ter metas muito difíceis de alcançar o colaborador vai se sentir desmotivado ao buscar esta meta, e a intenção do programa é contrária, é motivar os colaboradores. Essa é a importância de contratar a gestão certa antes de implantar a remuneração variável na sua empresa, a implantação inadequada pode resultar em perdas.

Resultados da remuneração variável

A sua relevância nas empresas está em valorizar os indivíduos pela entrega dos seus resultados, podendo ocorrer de forma individualizada ou em equipe. Dessa maneira, a organização promove a motivação e o aumento da produtividade entre os colaboradores, assim como contribui para a manutenção do seu quadro de funcionários ao mostrar que acredita em seu potencial. Também é uma excelente maneira de reforçar os valores culturais da empresa, fortalecendo pontos como trabalho em equipe e visão de sócio pelos funcionários.

É importante, nesse sentido, escalonar objetivos mensuráveis. Desenvolver políticas de remuneração variável é um ótimo caminho para empresas que desejam alavancar seus resultados, mas também pode ser perigoso caso o processo não seja executado com a devida atenção. A estratégia de remuneração deve refletir a cultura da empresa e considerar o seus valores, visão e modelo de negócios.

Mereo ajuda a estruturar o programa de Remuneração Variável de seus clientes através da meritocracia e respeitam um sistema de desdobramento de metas que tornam prioritário o trabalho conjunto em equipes para que os resultados sejam atingidos. Mande sua mensagem para a nossa equipe, você vai ser atendido para tirar as dúvidas que ainda restaram a respeito da nossa gestão e remuneração variável ou [clique aqui] para saber muito mais.

Você também pode acessar nosso blog e ler um pouco mais sobre gestão de empresas e afins. Aproveite os conteúdos disponíveis para saber ainda mais.

Ana Lima

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar